História da FEB

A Captura do Monte Nona

Em 3 de outubro de 1944, os jornais brasileiros divulgaram a captura do Monte Nona. Eis um episódio praticamente desconhecido na história da FEB.

Até hoje o topo do Monte possui difícil acesso (1.300m), sendo frequentado geralmente por alpinistas.

Do seu cume enxerga-se, não muito distante, a cidade de Stazzema, palco de um massacre de 560 civis (130 crianças) por tropas das SS em agosto daquele ano. O episódio foi tema do filme Milagre em Santa Anna (2008).
Não foi possível confirmar se o Monte Nona foi capturado (houve oposição do inimigo) ou ocupado (sem oposição), pois as principais fontes literárias da FEB não mencionam o ocorrido. Talvez apenas o relatório de operações do 6° RI possa responder a essa questão.
De resto, entende-se perfeitamente a alegria da população italiana ao receber as tropas da FEB e ser liberta do jugo genocida dos nazistas.
Já a visão da Toscana, no topo do Monte Nona, dimensiona perfeitamente a jornada da FEB: uma epopeia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s