História da FEB

Monte Castelo 180º

Em comemoração aos 70 anos da Campanha da FEB na Itália, foi lançado o primeiro pôster em 180º da região do Monte Castelo (Monte Castello segundo a grafia original italiana).

A fotografia panorâmica mostra a região onde o III Batalhão do 11º Regimento de Infantaria – O “Lapa Azul” – efetuou o seu primeiro ataque durante a II Guerra Mundial, em 29 de novembro de 1944.

Monte Castello

A partir da esquerda, observa-se um renque de árvores margeando a estrada que liga Gaggio Montano a Montese, contornando o Monte Castelo pelo leste. À retaguarda das árvores está Case Guanella.

A seguir, observa-se o Monumento Liberazione, também conhecido como Monumento ai Caduti Brasiliani, erigido em homenagem aos mortos brasileiros durante o conflito.

mapa

Detalhe da carta topográfica da região do Monte Castelo, utilizada pela Força Expedicionária Brasileira durante a II Guerra Mundial. A região abrangida pela foto panorâmica está assinalada em azul.

Ao fundo, ao centro da foto, aparece um grupo de casas, identificadas como C. Vitelline (ponto cotado 799 – Case Vitteline) nas cartas topográficas militares. Case Vitelline encontra-se próximo ao sopé de um antiga trilha  – na foto parcialmente coberta pela neblina – que leva ao topo do Monte Castelo, passando antes por 887.

À direita da fotografia, observa-se um grupo de casas denominado La Ca, junto à estrada mencionada anteriormente.

google maps

Snapshot do Google Maps. O local onde foi tirada a fotografia panorâmica está indicado em vermelho.

Foi este o palco da primeira ação de combate do “Lapa Azul”, em 29 de novembro de 1944, que teve como base de partida o renque de árvores, atravessando em seguida o campo aberto sob o fogo inimigo. Observando a fotografia – tirada durante uma nevasca – pode-se imaginar a dificuldade encontrada pelos brasileiros no inverno de 1944, por ocasião do terceiro ataque brasileiro. Mesmo com a utilização de um filtro polarizador circular – para atenuar os efeitos da claridade intensa – é virtualmente impossível observar à distância. Da mesma forma, sob tais condições meteorológicas, é inviável direcionar com precisão o tiro de artilharia e das armas de apoio.

ataque-ao-mte-castello

Mapa do livro “O Brasil na II Grande Guerra”, de Manoel Thomaz Castello Branco, Bibliex, 1960

Conheça melhor esta região neste link do Google Maps

O pôster possui a dimensão de 42 x 10 cm (42 x 14 cm se incluída a moldura informativa) e está disponível para a aquisição dos interessados neste website.

 

 

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s